Google compra startup capaz de moldar ondas sonoras de um jeito sinistro

Na surdina, o Google comprou a startup Redux, do Reino Unido. De acordo com informações da Bloomberg, a companhia foi adquirida em dezembro. A Redux desenvolve uma tecnologia inovadora que conduz ondas de som por superfícies, fazendo telas de celulares e computadores atuarem como speakers.

Ainda não há muita informação sobre como essa mágica toda acontece, mas o importante é que agora ela é do Google. Nessa jogada, a gigante de Mountain View garantiu 178 patentes e 50 pedidos de registro pendentes.

A Bloomberg, que noticiou o fato, não informa quanto a gigante das buscas pagou pela startup. Afinal, discrição é alma do negócio, certo?

Explica melhor isso aí

Um relatório publicado pela Cambridge Design Partnership, com quem a Redux colaborou no projeto, descreve a novidade como um sistema que usa tecnologia proprietária para moldar as ondas sonoras, o que é capaz de entregar áudio de alta qualidade e até mesmo feedback tátil em superfícies.

Esse tipo de onda é capaz de se propagar por materiais como vidro, metal e plástico. A Redux já teria feito testes com um monitor de PC, de acordo com a CDP e notado uma melhora drástica na qualidade de som do aparelho. Sinistro, né?

Com o Google investindo em hardwares como os smartphones da linha Pixel e speakers, como o Home, não deve demorar muito até a gente saber como a empresa pretende utilizar a tecnologia da Redux.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

um × quatro =

%d blogueiros gostam disto: